Histórico

           _____________________________________________________________________________________________________________


No final dos anos oitenta, no âmbito do Instituto de Letras e Artes, a Área de Literatura criou o 'Núcleo de Pesquisas Literárias', com o objetivo de reunir, no mesmo espaço, os projetos de pesquisa em andamento. Com a organização do Núcleo, tornou-se possível a definição das linhas de pesquisa então existentes e também a proposição de novos projetos de pesquisa conjuntos. O trabalho realizado propiciou, ao longo da década de noventa, o oferecimento do Curso de Pós-Graduação em Literatura Brasileira Contemporânea, em nível de Especialização, que alcançou significativa repercussão junto aos egressos dos Cursos de Letras situados na metade sul do Rio Grande do Sul.

No ano de 2000, consolidadas as linhas de pesquisa em andamento, - Escrita Feminina, História da Literatura e Literatura Sul-Rio-Grandense -, e constatada a ausência, na região, de oferecimento de curso de Mestrado na Área de Letras, a equipe em atuação junto ao Núcleo de Pesquisas Literárias entendeu ser o momento de elaborar projeto visando à implantação de um Mestrado Acadêmico na Área de Literatura. Na elaboração do projeto, foram levados em consideração os seguintes aspectos: a consolidação das linhas de pesquisa e a demanda existente na região que, a despeito de possuir inúmeros cursos de Letras e quatro universidades, não contava com nenhum curso de Mestrado na área.

 No primeiro semestre de 2001, o projeto elaborado foi enviado à Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com a seguinte denominação: Programa de Pós-Graduação em Letras, Mestrado em História da Literatura. No segundo semestre do mesmo ano, o Conselho Técnico Científico da CAPES , através do Parecer 1334/2001, recomendou a criação do Programa. O Parecer foi homologado pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação e, posteriormente, pelo Ministro da Educação, mediante publicação no Diário Oficial da União, de 29 de janeiro de 2002. Antes, em 03 de dezembro de 2001, o Conselho de Ensino e Pesquisa (COEPE) da Universidade aprovou, internamente, a criação do Programa, através da Deliberação 053/2001.

 Em janeiro de 2002, realizou-se a seleção para a primeira turma, com o oferecimento de quinze vagas, conforme o previsto no projeto original. Na oportunidade, houve mais de noventa inscritos no processo seletivo, fato que veio confirmar as expectativas da equipe do Mestrado e a existência de significativa demanda reprimida na região. Em março do mesmo ano, o Programa de Pós-Graduação em Letras, Mestrado em História da Literatura, começou suas atividades letivas, contando com o seguinte grupo de professores/pesquisadores: Aimée González Bolaños, Carlos Alexandre Baumgarten, Elena Cristina Palmero González, Eliane do Amaral Campello, Francisco das Neves Alves, Ivana Nicola Lopes, Luiz Henrique Torres, Néa Maria Setúbal de Castro, Nubia Jacques Hanciau, Raquel Rolando Souza e Sylvie Dion.

 Em 2004, observando sugestão constante de avaliação realizada pela CAPES, foi substituída a linha de pesquisa História da Literatura por Literatura, História e Memória Literária, evitando-se, com tal procedimento, a superposição entre linha de pesquisa e área de concentração do Mestrado. Finalmente, a partir de janeiro do mesmo ano, foram apresentadas as primeiras dissertações que, submetidas à avaliação de pelo menos um avaliador externo, tiveram sua qualidade e mérito reconhecidos. Nos processos seletivos subsequentes, a procura por ingresso no Mestrado manteve-se alta, contemplando uma média de sessenta a setenta inscritos, aspecto que vem contribuindo para a afirmação definitiva do Programa.

O Programa de Pós-Graduação em Letras, em 2011, entrou em seu décimo ano de funcionamento com um perfil definido a partir dos ajustes realizados na proposta original. Assim, o mesmo encontra-se consolidado em sua área de atuação - História da Literatura -, alcançando o conceito 4 conferido pela Comissão de Avaliação da Capes, e obtendo a autorização para abertura do Doutorado em História da Literatura.

Em 2011, o Programa apresentou à CAPES projeto para implementação do Doutorado em História da Litertaura, requisição aprovada na 131ª Reunião do CTC da CAPES, realizada de 21 a 25 de novembro de 2011, em Brasíla/DF. A primeira seleção ocorreu em janeiro e fevereiro de 2012, com o início das aulas ocorrendo em março de 2012. Os primeiros exames de qualificação dessa turma se deram no 2º semestre de 2014, com as primeiras defesas previstas para ocorrerem a partir de 2016.

Foram coordenadores do Programa os seguintes professores doutores:

Carlos Alexandre Baumgarten: 2002-2009

Rubelise da Cunha: 2010-2011

Mauro Nicola Póvoas: 2012-atual